top of page

SP emite 45 mil carteiras de identificação da pessoa com autismo

Documento permite maior inclusão e acessibilidade

A Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista completou um ano, em abril passado, com 45 mil documentos emitidos no estado de São Paulo. Atualmente são registrados cerca de 120 novos documentos por dia. Seu objetivo é identificar a pessoa com esse diagnóstico, já que muitas vezes o autismo não é percebido visualmente.


O Secretário de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Marcos da Costa, informa que o documento, também conhecido por CIPTea, proporciona mais inclusão e acessibilidade a todos, ampliando os serviços de atendimento à pessoa com esse diagnóstico, como filas preferenciais, por exemplo. Isso porque o Transtorno do Espectro Autista provoca problemas no desenvolvimento neurológico, que afeta a comunicação social, a interação e o comportamento.


A Carteira da Pessoa Autista é gratuita e pode ser solicitada online por meio do portal ciptea.sp.gov.br. Também pode ser requisitada presencialmente, nos mais de 240 postos de serviço eletrônico do Poupatempo, ou, ainda, em uma das 26 unidades físicas do Poupatempo distribuídas pela capital, interior e litoral do estado.



 

AEHDA: Mário Joanoni - MTb 025.546, com foto de Assessoria de Imprensa de Governo de Estado de SP.

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


whatsapp-logo-1.png
bottom of page